Satsang com Sri Prem Baba de Natal, 2010 - Índia


Satsang de Natal, 2010 - Índia


Eu estou trabalhando para que você compreenda que Jesus é um dos Nomes do Eu Divino. Deus é o nome do Eu mais profundo que habita em cada um de nós. Na Índia chamamos de Atman.
Você vem até aqui porque, de alguma maneira, quer experimentar o Eu Divino; Experimentar Deus; Experenciar o seu Eu Real que é indestrutível, que nunca terá um fim e que nunca teve um início; Que é toda a felicidade e esta além da dualidade e da não-dualidade. Nada pode ser dito sobre ele.
Você busca essa experiência porque ela te liberta do grande medo. Alguns questionam se de fato Jesus existiu. Eu considero isso sem nenhuma importância. De alguma forma esse nome de Deus influenciou
você. Alguns tiveram bom karma de serem influenciados positivamente. Tiveram acesso aos ensinos verdadeiros do mestre. Outros não tiveram bom karma e foram influenciados pelos ensinos distorcidos desse mestre. Aqueles que tiveram um bom karma estão trabalhando para se libertar das mágoas e discórdias que os impedem de amar. Aqueles que tiveram o bom karma de chegar até aqui podem se alinhar com esse ensinamento, o ensino de perdão. Perdoar tudo aquilo que de alguma forma te magoou nessa Terra através da compreensão de que o mal é fruto da ignorância. Se alinhar com os ensinamentos de Jesus significa renunciar a violência e os pactos de vingança que fazem você repetir desagradáveis situações.
Todas as formas divinas estão dentro de nós mesmos. Jesus está dentro de nós. Esse poder de cura das mazelas do passado está dentro de nós. O mestre do raio cor-de-rosa. O mestre do Caminho do Coração que nos ensina o mistério do sacrifício. O sacrifício que é a renúncia dos maus hábitos.
Mais do que falar de Jesus, precisamos nos tornar Jesus. Devemos nos tornar o perdão e devemos realmente sacrificar nosso egoísmo. Renúncia do egoísmo significa viver para o outro. Significa viver para que todos sejam felizes.
Por isso que já é uma tradição na noite do Natal a gente fazer uma revisão da vida para poder identificar se a gente ainda guarda ressentimentos ou discórdias em nossos corações. Com o tempo essa tradição iniciática acabou se transformando numa chance para as pessoas que se querem bem de estar juntas. Se lembrarem da fraternidade, trocarem presentes.
Mas, em muitos casos essa abertura só se da' na noite de Natal, até inspirados pela generosidade do Mestre Jesus. Inspirados no sacrifício do egoísmo que ele demonstrou. Muitos abrem mão das suas disputas, suas raivas, suas separações, mas depois voltam para o padrão, porque a semente da discórdia não foi eliminada.
A prática inicial é um momento de real abertura para partilhar o mais profundo do seu ser com os outros. Assim é que a tradição do raio crístico vem celebrando o nascimento do Mestre desde o ano 46 e vem se repetindo até hoje. Depois vêm os festejos do Dia dos Reis (5 e 6 de janeiro); os festejos de São João e, depois de um tempo, foi introduzido o festejo da Mãe Divina em Dezembro. Estas são datas aonde relembramos esses ensinos do perdão, do sacrifício do egoísmo e da partilha do ouro universal, para que você possa por em pratica todos os dias do ano.
A noite de Natal é uma chance para que você possa se purificar daquilo que te impede de amar. E o que te impede de amar? Sua mente ainda esta condicionada no passado? Esse é um momento de ancorar o Ser. Somos um. Essa percepção te liberta do grande medo e te desindentifica do corpo. A percepção de que você não é o corpo e sim um Ser Divino que traz alegria sem causa.
Dentro desse trabalho de cura eu vou propor a você que estiver se sentindo pronto a deixar suas magoas e ressentimentos podendo se aliviar desse fardo. Para que você possa se abrir para uma nova fase do seu trabalho espiritual. Para que você possa se abrir para a experiência do Eu spiritual. Essa experiência só é possível através da graça do mestre espiritual.
Essa graça esta sendo concedida, mas você não esta aberto para perceber isso. Deus e' amor infinito, uma fonte inesgotável que esta jorrando na sua direção. Quando você pode abrir o seu coração para essa fonte de amor a conexão é estabelecida.
Uma pequena partícula de amor já é suficiente para se conectar com a fonte. Para que você possa ser tocado pelo amor infinito. Eu estou querendo te dar um presente de Natal, mas esse presente só chega se tiver um quantum de amor, mas faz parte do presente a gente remover os obstáculos que impedem de amar.
Eu nasci para isso. Eu nasci para te dar esse presente. O presente que eu tenho para dar e' o fim do sofrimento desnecessário. O fim do grande medo. É a lembrança de que você e Deus é uma coisa só
Eu te desejo um Feliz Natal!"
Sri Prem Baba


Texto retirado do Site: http://www.prembaba.org/pt-br/satsang/satsang-de-natal-2010

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário